quarta-feira, 1 de abril de 2009

Primeiro de Abril - Parabéns Ana Maria Braga


Primeiro de abril pode ser o dia mundial da mentira, mas existe nele uma verdade incontestável: O aniversário da apresentadora e jornalista Ana Maria Braga, que nem precisa apresentações, difícil é pegar a fila a fim de cumprimentá-la nesse dia.
Eu adoro esta grande mulher!
Mas a concorrência torna quase impossível a aproximação, e por vezes a distância ajuda a complicar mais, desde sua mudança para a Capital Fluminense.
Aqui vai o meu abraço apertado e os meus mais sinceros parabéns, assim que possível confirmo pessoalmente este apreço.
Passando por aqui deixe um oi, nem que seja de forma anônima que entenderei. Tentei te mandar por SMS, mas não são possíveis tantas palavras, então mandei um resumo.
Quando você disse em seu programa que lê meu blog não explicou qual então colocarei esse post no outro também.
Te amo minha ídola!
Regis Copperfield

2 comentários:

manzas disse...

O sol rasga os panos do horizonte
Em pacífico brilho de sua magnitude…
Cadenciado ondular que em mar bronze,
Excelsa beleza no marulhar da virtude!

A rocha na ânsia do dia, bebe sedenta do mar,
Firmada num profundo e desigual chão azul …
Cristalizadas águas reflectem o planar,
Das majestosas e imperais… gaivotas do sul!

Gostava que comigo
Desse asas á sua imaginação,
No… “Portal da rocha… penedo do guincho!”

Um bom fim-de-semana,
Com muita inspiração
E na mente… um sorriso!

O eterno abraço…

-MANZAS-

manzas disse...

Num traço de avião, desvendo o teu rosto,
Rosto de nuvem em céu azul, luz do infinito…
Infinito desfasamento de Poalhas em fundo fosco,
Fosco cálice vazio que cala a voz de um grito!

Grito queimado nas cinzas de um cinzeiro,
Cinzeiro apagado de um quarto de hotel perdido…
Perdido por um ardente amor, enamorado por inteiro!
Inteiro o calor de um corço que arde consumido.

Que nesta Páscoa receba muitas bênçãos,
Que esta passagem lhe traga
Muito amor, saúde, paz e esperança…
Por ser uma pessoa especial,
Lhe desejo…

Uma FELIZ PÁSCOA!
Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-